Mudança de vida

O que Deus quer é que você seja um exemplo.

Mais do que fazer a sua obra é pertencer a Ele A Bíblia nos conta a história de Levi, um homem muito rico, que não tinha motivos para se preocupar com o futuro, pois o cargo de confiança que ocupava no governo lhe dava estabilidade e segurança financeira.
Levi, que desempenhava a função de coletor de impostos, era respeitado pelos governantes, mas, odiado pelo povo que sofria com a cobrança implacável e desumana.
Porém, um encontro mudou toda a trajetória deste homem: “Passadas estas cousas, saindo, viu um publicano, chamado Levi, assentado na coletoria, e disse-lhe: Segue-me! Ele se levantou e, deixando tudo, o seguiu.
Então, lhe ofereceu Levi um grande banquete em sua casa; e numerosos publicanos e outros estavam com eles à mesa.” (Lucas 5.27-29) Neste momento, Levi anunciou que não seria mais coletor de impostos, mas um discípulo de Jesus; ele abriu mão de tudo o que possuía para segui-Lo.
Mais do que riqueza material, o ex-coletor teve o nome registrado na história. A recompensa para esse tipo de atitude foi estabelecida pelo próprio Senhor: “Se alguém me serve, siga-me, e, onde eu estou, ali estará também o meu servo.
E, se alguém me servir, o Pai o honrará.” (João 12.26) Você quer deixar seu nome na história? Quer servir ao Senhor e ser um exemplo de fé para as gerações futuras? Ou quer conquistar grandes benefícios e ser esquecido ao morrer? Entenda que servir ao Senhor Jesus não é, necessariamente, ser um pastor ou um missionário.
Servi-Lo não quer dizer que tenha de estar obrigatoriamente no púlpito, no altar. Você pode servi-Lo onde estiver. Quando der um testemunho com sua vida correta e digna por causa de Jesus, as pessoas sentirão o perfume dEle em você. Isso já é servi-Lo.
Não precisa ficar na igreja. Ele quer usá-lo onde mora, entre seus familiares, colegas de trabalho etc, porque as pessoas vêm à igreja pelo seu bom testemunho. E quando digo bom testemunho, quero dizer uma vida exemplar, uma vida diferente.
Então, o Espírito Santo tocará na vida dessas pessoas que te escutam, que te observam. Você deve dar um exemplo de fé e não falar de Jesus simplesmente, porque isso todo mundo já faz. O que Deus quer é que você seja um exemplo.
Mais do que fazer a Sua obra é pertencer a Ele. Pois do que adianta a pessoa pregar o Evangelho e viver mentindo, roubando, falando mal dos outros? Ela está simplesmente destruindo tudo o que tenta construir com Jesus em sua vida.
Deus está buscando Levis neste mundo, e você pode ser um deles. Imagine ser honrado pelo Pai da Vida, da mesma forma como foi Levi.
Você pode não ser privilegiado culturalmente ou não ter nenhuma habilidade extraordinária, mas se servir ao Senhor Jesus de coração, Ele irá abençoá-lo. Mateus, Isaque, Abraão, Jacó, Davi, Josué.
Todos esses tiveram a glorificação de Deus – a que não acaba jamais – a glória que Ele quer te dar, não importa quem você seja.
Deus abençoe a todos.

Resposta de Deus


Israel orou, chorou, jejuou e sacrificou, e a vitória total alcançou.

Muitas pessoas têm pensado que, dada a nossa autoridade espiritual, as respostas de Deus às nossas orações particulares são quase imediatas. Felizmente, ou infelizmente, elas não são.

Deus sabe: há anos temos perseguido um sonho especial; madrugadas em oração; jejuns e até gemidos. Pedi a Deus, então, a resposta do porquê disso. Por que temos que esperar tanto tempo pela resposta? E a resposta veio.

Ela estava bem lá, dentro da Bíblia, no Livro de Juízes, capítulo 20. Levados pelas circunstâncias, os filhos de Israel viveram um grave problema familiar. Um de seus filhos teve a mulher violentada e morta por alguns de seus irmãos da tribo de Benjamim.

Sedentos por justiça, e sob o consentimento de Deus, Israel subiu contra a tribo de Benjamim e, no primeiro dia de batalha, foi derrotado e perdeu 22 mil homens. Israel não se intimidou e voltou-se mais uma vez contra os benjamitas. Porém, antes: “Choraram perante o Senhor até à tarde, e consultaram o Senhor, dizendo: Tornaremos a pelejar contra os filhos de Benjamim, nosso irmão? Respondeu o Senhor: Subi contra ele” (Juízes 20.23).

Novamente Israel foi derrotado e perdeu 18 mil soldados. Mas perseverou e, pela terceira vez consecutiva, voltou-se contra os “irmãos”. Mas, dessa vez, Israel subiu a Betel e “Então, todos os filhos de Israel, todo o povo, subiram, e vieram a Betel, e choraram, e estiveram ali perante o Senhor, e jejuaram aquele dia até à tarde; e, perante o Senhor, ofereceram holocaustos e ofertas pacíficas” (Juízes 20.26).

A partir de então, tiveram a visão divina de como poderiam derrotar os benjamitas; colocaram o plano em prática e obtiveram a vitória completa. Resumindo: Israel orou, na primeira vez, e mesmo com a permissão divina, perdeu.

Na segunda vez, Israel orou e chorou, e mesmo com a permissão divina, perdeu. Na terceira vez, Israel orou, chorou, jejuou e sacrificou, e a vitória total alcançou!

Deus nos dê coragem para assumir a fé!

Deus abençoe a todos.

Marcos Fernandes.

Anúncios

Deixe aqui seu comentário, ele é muito importante para nós !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: